quinta-feira, 22 de agosto de 2019

REVENDEDORAS DO GÁS DE COZINHA EM BUÍQUE TEM QUE REGULARIZAR-SE, NOTA DE RECOMENDAÇÃO FOI EMITIDA POR PROMOTORIA




NOTIFICAÇÃO RECOMENDATÓRIA n° 01/2019
ASSUNTO: REGULARIZAR AS REVENDAS DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO(GLP)EM BUÍQUE (INCLUINDO SEUS DISTRITOS E POVOADOS);
O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO, por sua agente signatária, no uso de suas atribuições, fundamentada nos arts. 127 e 129, II, da Constituição Federal; arts. 27, § único, inc. IV, da Lei Federal n.º 8.625/93; art. 61 da Lei Complementar Estadual n.º 416/2010, jungido com o art. 6º, inc. XX, da Lei Complementar n.º 75, de 20/05/93, visando a melhoria dos serviços públicos e de relevância pública, bem como o respeito aos interesses, direitos e bens cuja defesa lhe cabe promover, vem por meio deste, pelos fatos e fundamentos a seguir expendidos, expor, e, ao final, RECOMENDAR aos PROPRIETÁRIOS DE REVENDAS DE GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO(GLP), ao PREFEITO DE BUÍQUE-PE, as POLÍCIAS CIVIL E MILITAR e a SOCIEDADE EM GERAL, o que segue:

CONSIDERANDO o contido no artigo 127, da Constituição Federal, que dispõe que “o Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis”;

CONSIDERANDO o que preconiza o artigo 5.º, inc. XXXII, da CR/88, que o direito do consumidor é direito fundamental da pessoa humana;

CONSIDERANDO que a Res. 709/2017, expedida pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), regulamenta o exercício da atividade de revenda de gás liquefeito de petróleo (GLP), conhecido popularmente como gás de cozinha, dispondo em seu art. 2º que a atividade de revenda de gás liquefeito de petróleo será exercida por pessoa jurídica constituída sob as leis brasileiras, em estabelecimento denominado posto revendedor de GLP (PRGLP);

CONSIDERANDO que a Res. 709/2017 (revogou portaria 297/03) expedida pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), dispõe que a atividade de revenda de GLP somente poderá ser exercida por pessoa jurídica autorizada pela ANP que atender, em caráter permanente, aos requisitos estabelecidos e às condições mínimas de armazenamento de recipientes transportáveis de até 90 (noventa) quilogramas de GLP, previstas na legislação aplicável;

CONSIDERANDO que a mesma Portaria estabelece que a ANP outorgará a autorização para o exercício da atividade de revenda de GLP, referente a cada estabelecimento da pessoa jurídica requerente que atender as exigências estabelecidas nesta Resolução, publicando-a no Diário Oficial da União -DOU. A pessoa jurídica somente poderá iniciar o exercício da atividade de revenda de GLP após a publicação da autorização de que trata o caput deste artigo no DOU.

CONSIDERANDO que o mesmo diploma estabelece que o revendedor deverá dispor de área que atenda aos requisitos mínimos de armazenamento de recipientes transportáveis
cheios de GLP, de acordo com a legislação aplicável (ex: Norma ABNT NBR 15514/2007 versão corrigida 2008).

CONSIDERANDO que no que toca a comercialização do gás a Portaria é clara em dizer que o revendedor de GLP poderá comercializar somente recipientes transportáveis, cheios, de procedência comprovável, da(s) marca(s) comercial(is) do(s) distribuidor(es) que houver discriminado na Ficha Cadastral e no Quadro de Aviso;

CONSIDERANDO que é preciso eliminar a prática ilegal de venda de gás liquefeito, não credenciada, a qual coloca em riscos a população e configura concorrência desleal ao comércio formal;

CONSIDERANDO que a revenda clandestina do gás de cozinha não oferece nenhuma segurança para o consumidor, ao revés, representa um risco muito grande, porque se trata de um produto inflamável;

CONSIDERANDO que as próprias distribuidoras repassam botijões diretamente para pessoas não registradas, o que é ilegal;

CONSIDERANDO que além de riscos e prejuízos econômico-financeiros, o mercado informal também desrespeita os direitos do consumidor, na medida em que quem compra fora das revendas autorizadas está sujeito a adquirir botijões danificados ou produtos fraudados, sem ter a quem recorrer;

CONSIDERANDO que a revenda de gás de cozinha por pessoa não autorizada pela ANP configura o crime do artigo 1º, inc. I, da Lei Federal nº 8176/91, SUJEITANDO O INFRATOR À PENA DE PRISÃO DE 01 (UM) A 05 (CINCO) ANOS;

CONSIDERANDO que nesta cidade há vários comerciantes que realizam revenda clandestina e/ou irregular de gás liquefeito de petróleo sem portar a devida autorização da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Processo de Segurança contra Incêndio (PSCIP), Alvará de Prevenção contra Incêndio e Pânico, Licença da Prefeitura Municipal, e sem equipamentos de segurança como Extintores, Blocos Autônomos de Iluminação de Emergência e Sinalizações de Saída de Emergência;

CONSIDERANDO que dentre as irregularidades apuradas foi detectado que a maioria dos comerciantes armazenam o gás em local inadequado, colocando em risco não só o consumidor, mas também seus vizinhos (Portaria n.º 027/1996, DNC);

CONSIDERANDO que, segundo até então apurado, as próprias revendedoras (distribuidoras) é que repassam os botijões aos comerciantes irregulares para que revendam clandestinamente;

CONSIDERANDO que tal prática atenta contra a equidade e a boa-fé objetiva, contrariando, assim, os princípios que norteiam o Código de Defesa do Consumidor e o Sistema de Proteção ao Consumidor;

CONSIDERANDO que em não eliminada a prática nociva aqui combatida serão desencadeadas ações voltadas à apreensão do material comercializado irregularmente, bem como prisão em flagrante dos infratores, com o apoio das forças policiais civil e militar, sem prejuízo da posterior responsabilização cível e criminal;

CONSIDERANDO que a Administração do Município de Buíque-PE encontra-se omissa na fiscalização administrativa deste comércio irregular de GLP;

CONSIDERANDO as diretrizes do Ministério Público Estadual na Defesa dos Interesses dos Consumidores;

CONSIDERANDO, finalmente, que incumbe ao Ministério Público desempenhar papel fundamental, enquanto órgão de acompanhamento e fiscalização nos âmbitos público e privado, garantindo as condições necessárias para atingir, de fato, o Estado Democrático de Direito, e ante a evidente afronta às normas de proteção ao consumidor;

RECOMENDA AOS RESPONSÁVEIS PELOS ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS AUTORIZADOS E AOS RESPONSÁVEIS POR COMÉRCIOS ILEGAIS DE GLP, PARA CUMPRIMENTO IMEDIATO, SEJA OBSERVADO O QUANTO SEGUE ESPECIFICADO:

a) ABSTENHA-SE de revender “gás de cozinha” sem que detenha de autorização da ANP e cumpram com as demais exigências estabelecidas na ANP 05/2008 (revogou a portaria do antigo DNC 027/96) e 709/2017 e Res.51/2016 (ANP); sem que detenha de Processo de Segurança contra Incêndio (PSCIP) e Alvará de Prevenção contra Incêndio e Pânico aprovados pelo Corpo de Bombeiros Militar; e sem que detenha Alvará pela Prefeitura Municipal.

Consoante o Art. 24 da Res.709/2017: É vedada a armazenagem de quaisquer outros produtos, bem como o exercício de outras atividades comerciais ou de prestação de outros serviços dentro da área de armazenamento de recipientes transportáveis de GLP;

b) ABSTENHA-SE de repassar botijões diretamente para revendedores clandestinos ou que estejam operando irregularmente, cujo repasse somente se dará quando se verificar tratar-se de pessoa jurídica constituída sob as leis brasileiras, em estabelecimento denominado posto revendedor de GLP (PRGLP), devidamente autorizada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), em caráter permanente, atendidos aos requisitos e exigências estabelecidas e às condições mínimas de armazenamento de recipientes transportáveis de até 90 (noventa) quilogramas de GLP, previstas na legislação aplicável;

c) ABSTENHA-SE de manipular, armazenar ou comercializar gás liquefeito de petróleo (GLP) em desacordo com as Instruções Técnicas da Agência Nacional do Petróleo e do Departamento Nacional de Combustíveis, sobretudo no que diz respeito às condições gerais e específicas previstas na ANP 51/2016 (com as alterações da Res. 709, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2017 e outras).

d) CUMPRA com a obrigação de orientar os revendedores e consumidores em geral, quanto às condições mínimas de segurança para armazenamento de recipientes transportáveis de GLP, fornecendo-lhes cópias de manuais impressos, contendo os requisitos técnicos adequados ao armazenamento dos referidos recipientes. Além disso, o Revendedor deverá afixar em local visível de seu estabelecimento comercial o seguinte aviso, nos termos do art. 11, parágrafo único, da Res. 18/2004:
"OS BOTIJÕES DE GLP À VENDA NESTE ESTABELECIMENTO DEVEM ESTAR DEVIDAMENTE LACRADOS, IDENTIFICADOS E DEVERÃO POSSUIR INFORMAÇÕES RELATIVAS AO PRODUTO E SUA UTILIZAÇÃO."

e) ABSTENHA-SE os comerciantes desta Cidade em revender “gás de cozinha” em seus estabelecimentos de forma irregular e ilegal, tal como ocorre nas calçadas e no interior dos estabelecimentos;

Outrossim, RECOMENDA-SE ao Prefeito de Buíque-PE exercer o poder de polícia a fim de fiscalizar e proibir o comércio irregular de botijões de gás de cozinha. Nesse caso, o Município pode adotar sanções administrativas aos pontos de venda, como multa ou interdição.

Por fim, RECOMENDA-SE às Polícias Civil e Militar que atuem, cada uma dentro das suas atribuições, para reprimir o comércio irregular do produto, promovendo inclusive a investigação de infrações cometidas pelos proprietários dos estabelecimentos.

Assim, requisita-se, com fulcro no art. 8.º, § 1º, Lei Federal n.º 7.347/85, informações que deverão ser encaminhadas a esta Promotoria de Justiça, no prazo impreterível de 120 (cento e vinte) dias, juntamente com cópia da autorização da ANP, comprovante de aprovação do Processo de Segurança contra Incêndio (PSCIP) e Alvará de Prevenção contra Incêndio e Pânico pelo Corpo de Bombeiros e Alvará da Prefeitura Municipal, além, é claro, de relatório emitido pelo responsável técnico, com a respectiva ART, comprovando o efetivo cumprimento das condições gerais e específicas previstas na legislação nacional, ficando o (a) notificado (a) advertido que o não encaminhamento da resposta e documentação correlata configura crime previsto no art. 10, da Lei Federal n.º 7.347/85.

Fica ciente o notificado de que a presente peça tem natureza recomendatória e premonitória, no sentido de prevenir responsabilidade civil, administrativa e criminal, máxime a fim de que no futuro não se alegue ignorância quanto à extensão e o caráter ilegal dos fatos noticiados.
Remeta-se cópia da presente à Agência Nacional do Petróleo, à Prefeitura Municipal, ao Delegado de Polícia Civil local, ao Comandante do Núcleo da PM local, para ciência e fiscalização, publicada uma via nos murais da sede do Fórum da Comarca de Buíque e no Site Oficial do Ministério Público do Estado de Pernambuco para conhecimento geral.

Encaminhe-se para emissoras de rádios da Cidade, além de blogs locais para dar amplo conhecimento à sociedade;
Notifique-se os proprietários, distribuidores, revendedores, comerciantes locais, entre outros, através de notificação individual com assinatura de recebimento legível;

Publique-se; Registre-se; Cumpra-se;
Expeça-se o necessário.

Buíque, 19 de julho de 2019

TAYJANE CABRAL DE ALMEIDA
Promotora de Justiça de Buíque

Prefeito de Buíque prepara ordens de serviços para novas obras

Arquimedes Valença (Foto: San Silva)
Nos próximos dias, o prefeito de Buíque, Arquimedes Valença (MDB), anuncia as datas das novas ordens de serviços de duas importantes obras para o município. A área beneficiada será o Pátio da Feira livre que deverá ser beneficiado com a construção de novos banheiros e da nova coberta.

Os processos licitatórios já estão em fase de andamento e outros já conclusos como o da construção de banheiros públicos para atendimento dos feirantes e da população do Pátio da Feira de Buíque.

A proposta vencedora da obra dos banheiros, apresentada pela Construtora Manassu, ficou no valor de R$ 149.472,28 (cento e quarenta e nove mil, quatrocentos e setenta e dois reais, e vinte e oito centavos).

Ainda em andamento o processo de licitação para as obras de melhoria na estrutura (coberta) do mesmo pátio, que está orçada em R$ 276.199,88. A expectativa é que a empresa vencedora desta licitação sai nos próximos dias. Outra obra inconclusa do Governo anterior.

Além das ordens de serviços das obras no Pátio da Feira Livre de Buíque, o prefeito Arquimedes Valença já prepara também a autorização para as obras de conclusão de um Centro de Educação Infantil Padrão – Pró- Infância tipo B, creche no modelo FNDE que vai atender as crianças e mães do bairro Frei Damião.

“Graças a Deus e a um planejamento sério, comprometido com a coisa pública e respeito ao povo de Buíque, estamos superando as dificuldades herdadas do governo passado e começando a fazer as entregas tão esperadas por nossa população. Além dessas obras, temos em processo de licitação a tão esperada reforma da Casa de Saúde Senador Antônio Farias, entre outras obras que vamos anunciar no devido tempo”, afirmou Arquimedes Valença.

ASCOM PMB

TÃO POLEMICO QUANTO SEU AUTOR, REQUERIMENTO SOLICITANDO QUE O PRÉDIO DA CÂMARA MUNICIPAL SE TRANSFORMASSE NUMA CASA DE SAÚDE E REPROVADO POR UNANIMIDADE EM BUÍQUE


Durante a reunião ordinária que  aconteceu  nesta manhã desta quinta-feira 22 de Agosto  centenas de  pessoas que acompanhava os trabalhos legislativos da 21ª reunião ordinária  foram surpreendidos  pelo teor  de um requerimento  de autoria do vereador Dão Tavares  que teve uma indicação para lá de inusitada  ao sugerir que  o prédio da casa Jorge Domingos Ramos  fosse desocupado pelos vereadores, inclusive ele próprio  para se transformar numa casa de saúde.

Ressaltando que é um vereador diferente dos demais e que está ali para  ser diferente , está não é a primeira vez que o parlamentar  se pronuncia ao contrario dos demais colegas de plenário  sendo dele a ideia de baixar em mais de 70% os salários dos vereadores.
Rejeitado por unanimidade  o requerimento para lá de inusitado  deu  muito o que falar , principalmente quando  Dão Tavares se referiu aos 15 gabinetes que segundo  ele não servem  para nada porque  sempre estão fechados.

Discordando do vereador, além de  votarem pela não aprovação do requerimento ,os vereadores Élson Francisco e  Daidosn Amorim  se pronunciaram ao contrario  dizendo que não estavam de acordo com o pronunciamento do vereador , ate porque  é de dentro dos seus  gabinetes  que podem atender a população , como também e de dentro dos gabinetes que se prepara  toda documentação, requerimentos  que  são entregues aos deputados estaduais e federais solicitando  elaboração de emendas  parlamentares para beneficiar o município.

Foto: San Silva
Giro Social B

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Buíque: APAE e Saúde promovem Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Múltipla


Em parceria com a Secretaria de Saúde de Buíque, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), está realizando a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que tem como tema “Família e pessoa com deficiência, protagonista na implementação das políticas públicas”. A abertura aconteceu na sede da APAE Buíque, nesta quarta-feira (21), com o Dia da Saúde, contando com a participação de técnicos e profissionais da Secretaria de Saúde do município.

Segundo a presidente da APAE no município, Elizabeth Tavares, durante seis dias serão feitas atividades para promover a igualdade e o respeito entre as pessoas.

“Inclusão, essa é nossa principal meta com a realização da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla e para isso, vamos desenvolver atividades na área de saúde, leitura, cinema, oficinas de artes, palestras e fechando um baile de máscara, no dia 28. É um momento de conscientização, informação e socialização. Um grande diferencial na vida dessas pessoas é o papel da família e da sociedade”, afirmou Elizabeth.

Nesta quinta-feira, a APAE de Buíque tem programada a atividade “O Lúdico e sua Fantasia com o aprender”, a partir das 08h. Já na sexta-feira (23) o cinema será a atração com o Cineclube. A programação será retomada na segunda-feira (26) com a Oficina de Artes ”A transformação e a criação a partir da reciclagem”. Na terça (27), acontece a palestra com informações sobre a sede da Apae e o atendimentos, também as 08h da manhã.

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla da APAE de Buíque se encerra na quarta-feira, dia 28, com o Baile de Máscara. “Será um momento lúdico e de integração das famílias e da sociedade, coroando a semana com alegria e participação”, finalizou Elizabeth Tavares.

A Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla acontece todos os anos durante o período de 21 a 28 de agosto. O objetivo da Semana Nacional é abrir debates e colocar a sociedade em reflexão no dever da igualdade para inclusão.

Esteve Presente na abertura a Secretária de Saúde de Buíque, Janice Rodrigues.

Confira agora mais imagens aqui!



ASCOM PMB

PROGRAMA MÃE CORUJA REALIZOU OFICINA CULTURA NO CANTO


No dia 20 de agosto de 2019, o Canto Mãe Coruja e o SCFV (Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos), antigo CCI, em parceria com a Secretaria de Assistência Social de Buíque, realizou a I Oficina de Cultura no Canto. Com o objetivo de monstra que através da contação de história a mãe pode ajudar a criança a exercitar a criatividade e a imaginação ajudando no resgate da identidade cultural e também a fortalecer  o lado afetivo.

A atividade foi desenvolvida no espaço onde funciona o Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos com a presença de aproximadamente 100 pessoas  entre mãe e filhos que fazem parte do programa Mãe Coruja, CEC (criança Feliz e com as crianças da Escola Carolina Guedes, contou ainda com a presença dos Artes educadores Gilson Silva e Pollyana Santos para desenvolver a atividade e a dinâmica.

Os Cantos Mãe Coruja são espaços de acolhimento em que ocorrem o cadastramento e o acompanhamento das gestantes, durante o pré-natal, parto e puerpério, e das crianças, do nascimento até os cinco anos de idade. Profissionais selecionados pelo o estado atuam como gestores desses Cantos, articulando secretarias estaduais, municipais, sociedade civil e demais parceiros para a realização das ações do programa.

O Cultura no Canto é propiciar vivência atendidas pelo o programa Mãe Coruja Pernambucana (aliado ao PDI).

Confira mais Imagens aqui!



EM BUÍQUE POLICIA PRENDE FORAGIDO DA JUSTIÇA DE CARUARU


Município: Buíque-PE.
Local: Rua B, Frei Damião, Via Pública, Buíque-PE.
Quarta Feira 21 de Agosto de 2019

Imputado : Marcos Antonio da Silva, 29 anos, Desocupado, RG: 8574370 SDS-PE
Endereço   : Rua B, nº20, Frei Damião, Buíque-PE.

Resumo: Por volta das 11h15 quando em rondas e abordagens, na vila Frei Damião, a GT Rural 3ª CPM abordou o imputado e ao ser  consultado no sistema do portal SDS WEB, verificou-se que constava em seu desfavor a situação de fugitivo/evadido na comarca de Caruaru. 
Diante dos fatos o mesmo foi conduzido a DP local para os devidos procedimentos.
     
 Fontes: COSTA JÚNIOR - TEN CEL PM
Comandante do 3º BPM
VIANA - MAJOR PM
Subcomandante do 3º BPM
GIRO SOCIAL B

Buíque: Índios Kapinawa e prefeitura chegam a acordo e máquinas seguem pra região


Na manhã desta quarta-feira (21), vários índios da tribo Kapinawá estiveram ocupando prédio da Prefeitura de Buíque reivindicando a melhoria das estradas na comunidade e uma comissão foi prontamente atendida pelo secretário de Governo, Roberto Modesto, que encaminhou a solução para os problemas apontados. 

O encontro aconteceu na sala de reunião da prefeitura, quando o cacique Robério Francisco explanou o problema das estradas e a necessidade dos serviços de forma urgente. O secretário Roberto Modesto disse que o prefeito determinou uma solução imediata para a questão. 

"O prefeito Arquimedes, ciente da necessidade e urgência do pleito indígena, e devido as máquinas da prefeitura estarem em trabalho de manutenção, determinou a imediata contratação de uma máquina retro e caçamba, em caráter excepcional, para fazer as obras de melhoria das estradas na região do Kapinawá. Ainda hoje as máquinas seguem para a região para agilizar as obras", afirmou Modesto.

O secretário revelou ainda que os compromissos assumidos pelo prefeito Arquimedes para com os indígenas, como a construção de passagens molhadas e outras melhorias nas comunidades estão mantidos e serão realizados, mantendo o diálogo permanente. Agora à tarde as máquinas já seguem para a região dos Kapinawá.

Veja também a entrevista de Preto do povo Kapináwa.

Ao lado de Tereza Leitão, Marília Arraes participa de lançamento de chapa para presidência do PT estadual


Rifada das eleições de 2018 como candidata ao governo de Pernambuco pelo próprio PT, articulada pelo senador Humberto Costa, a agora deputada federal, Marília Arraes, participa ao lado da deputada estadual, Teresa Leitão de lançamento de chapa pela disputa estadual do PT. Está em jogo também a disputa pelo PT do Recife.

A chapa vem em sentido contrário ao projeto que apresentou o deputado Doriel Barros a presidência estadual do PT que conta com o apoio de Carlos Veras e do próprio Humberto Costa. A eleição estadual do PT pode torna-se o marco para a tomada de decisão do futuro político da neta de Arraes.

CONFIRA A NOTA

Na próxima quinta-feira (22.08), a partir das 18h, será realizado o ato de lançamento da Chapa Força Militante. Na ocasião, será divulgada a composição do grupo para a disputa pelos diretórios (estadual e municipais) no processo de eleição interna do PT (PED) em 2019. 

O evento contará com a presença das deputadas Marília Arraes (federal) e Teresa Leitão (estadual), além de integrantes das tendências Articulação de Esquerda (AE), Coletivo PT Militante, Democracia Socialista, Esquerda Popular Socialista, Resistência Socialista e Tribo. 

A Chapa Força Militante vem recebendo apoio de representantes de inúmeros coletivos e grupos da sociedade civil organizada. Com o foco no resgate do protagonismo do PT, a chapa é formada por companheiros e companheiras que tem se destacado na defesa da valorização da militância, do protagonismo e fortalecimento do PT nas eleições de 2020 e na maior aproximação do partido com os movimentos sociais.

SERVIÇO 
LANÇAMENTO DA CHAPA FORÇA MILITANTE 
DATA: 22.08.2019 (QUINTA-FEIRA) 
LOCAL: SINDSEP – Rua Fernandes Vieira, 67 – Boa Vista 
HORÁRIO: 18H 
MAIS INFORMAÇÕES: Sheila Oliveira (99823-6269)

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Prefeitura de Tupanatinga realiza casamento comunitário e entra para a história do município e região


Na tarde desta segunda-feira (19), a Prefeitura de Tupanatinga, através da Secretaria de Assistência Social e em parceria com o Cartório de Registro Civil e o TJPE, realizou com muita alegria, satisfação e elegância um grande momento na cidade. O Casamento Coletivo entrou para a história do município e região como um dos acontecimentos mais pomposos e organizados dos últimos tempos. De uma forma nunca vista e por se tratar de um evento direcionado ao público atendido pela Assistência Social e inscritos no CADÚNICO, o Casamento Coletivo superou qualquer expectativa, deixando os convidados, profissionais e o público em geral admirados por tanta beleza e sofisticação.

Foram 54 casais que se uniram diante de todos os presentes no Ginásio Novo, em Tupanatinga. O Buffet oferecido aos 500 convidados estava impecável e demonstrou todo o carinho e dedicação que a Prefeitura de Tupanatinga preparou para este momento.

Além do cardápio oferecido, a Prefeitura de Tupanatinga, também disponibilizou toda a estrutura, recepção, organização, decoração, músicos, som, iluminação, bolo, fotografias e filmagens de forma totalmente gratuita. Para que os casais pudessem dizer sim neste dia, era necessário fazer um cadastro com alguns requisitos como o fornecimento de documentação para o Cartório de Registro Civil, comprovar domicílio em Tupanatinga, estarem inscritos no CADÚNICO, desejem realizar o sonho de se casar de forma coletiva e ter o termo de compromisso para participação no evento. Todos os procedimentos foram realizados pela Secretaria de Assistência Social e para que o evento tivesse um final de grande sucesso, funcionários se disponibilizaram e se dedicaram na organização.

Cada momento, ambiente e pessoa compôs o mais alto grau de importância durante a cerimônia. Os detalhes, o charme e o glamour demonstrou afeto, cuidado e respeito as expectativas dos casais tupanatinguenses, numa mistura de gestão compromissada e que valoriza o senso de responsabilidade em escrever uma nova história no município.

Estão abertas as inscrições para 1º Seminário Filig de Leituras

Ação acontece no próximo dia 30 de agosto e é gratuita. Durante o dia, haverá palestra com a cofundadora do Instituto Ella Criações Educativas, Ana Helena

Foto/Ana Helenai

Abrindo o calendário das ações formativas deste ano, o Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns vai promover, no próximo dia 30 de agosto, o 1º Seminário Filig de Leituras. As inscrições são gratuitas e já podem ser realizadas através do link: http://bit.ly/2GQtkVZ. São 250 vagas.

A programação, que acontece das 8h às 12h, será no Sesc e é direcionada a mediadores de leitura, bibliotecários, profissionais e estudantes de Letras e Pedagogia e professores de Garanhuns e da região. “Essa agenda educativa cresce e se consolida a cada ano porque se propõe a olhar o caminho percorrido pelo conhecimento até chegar às crianças”, reflete Pietra Costa, representante da Ferreira Costa, idealizadora do projeto junto com a Proa Marketing Cultural e Projetos.

Após credenciamento e solenidade de abertura, com apresentação do itinerário da leitura e um passeio pelo Filig, O público vai assistir ao seminário “Vozes e afetos da africanidade nas múltiplas histórias brasileiras”, que será ministrado pela advogada, mestre e doutora em Serviço Social e cofundadora do Instituto Ella Criações Educativas, Ana Helena Ithamar Passos. Com mediação de mediação de Stephany Medódio, do Coletivo Tear, a temática do encontro vai se pautar na implementação da Lei 10.639/03, que estabelece o ensino da história e cultura afro nas instituições de ensino. A proposta é levantar questões sobre xenofobia, racismo e demais posturas discriminatórias, traçando a conexão do passado com a realidade atual e como fortalecer uma rede de combate a essas práticas.

A definição dos temas centrais dos seminários está ancorada no tema do Filig deste ano “Africanidades - um mundo de histórias e memórias”, que vai acontecer em outubro na cidade de Garanhuns. “Vamos trabalhar todos os meses, até a realização do Festival, os nomes e obras de escritores e ilustradores que atuam sob esse tema, ampliando o fomento desse saber”, comenta o curador do Filig e dos seminários, Luciano Pontes.

Sobre a Ferreira Costa – Nascida em Garanhuns, a Ferreira Costa completa, em 2019, 135 anos de atividade. Reconhecida pela variedade de produtos e serviços e excelência no atendimento, o Home Center agora possui e-commerce, o www.ferreiracosta.com, com entrega para todo Brasil.

Filig – O Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns é resultado da proposta da Ferreira Costa, idealizador do evento junto com a Proa Marketing Cultural e Projetos, de formar leitores. Por isso, crianças e adolescentes são o público-alvo das atividades em outubro. No entanto, pensando no ecossistema, o Filig também traz ações formativas que envolvem pais e mães, professores, bibliotecários e demais profissionais envolvidos no universo literário e educacional. Durante o festival, Garanhuns vivencia dias com intensa programação gratuita para moradores e visitantes de outros municípios que podem participar de espetáculos musicais e cênicos, exposições, conversas com autores locais e mundiais, entre outras atividades. O Filig conta com o apoio da Fundarpe, Governo de Pernambuco, Sesc Garanhuns, Prefeitura de Garanhuns e Universidade Federal Rural de Pernambuco – UAG e a realização da Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania.

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Buíque Futsal estréia nesta terça no Pernambucano Sub 17


Depois do sucesso das meninas no Campeonato Pernambucano de futsal, nesta terça-feira (20), é a vez do Buíque Futsal Masculino entrar em quadra para a disputa do Pernambucano Sub 17. A equipe, comandada pela equipe técnica formada pelos treinadores e assistentes Jadilson José, Carlos Tadeu e Junior Negão estreia pelo Grupo C enfrentando o time de futsal da Pedra. A partida será no ginásio da Pedra, às 20h.

A garotada está contando com total apoio do município através do prefeito Arquimedes Valença e da Secretaria de Assistência Social, que vai garantir, além de material, transporte e alimentação para o time nos jogos fora de casa. As viagens dos atletas ainda contam com o apoio do vereador Elson Francisco.

Além da Pedra Futsal, a chave da equipe de Buíque tem ainda Tupanatinga Futsal, Vec Futsal e Sertânia Futsal. O campeonato conta ao todo com 14 equipes, entre elas o Sport Club Recife, Santa Cruz e SESC Santo Amaro. O Futsal de Buíque ainda conta com o apoio do SESC local, que cede seu ginásio para o treinamento da equipe.



Sesc Ler Buíque realiza ações de saúde esta semana

Amanhã (20/08) e sexta-feira (23/08), a unidade vai promover palestras, testes rápidos e orientações sobre o diabetes




Com o objetivo de alertar a população sobre o diabetes, bem como as implicações da doença, o Sesc Ler Buíque realiza nesta terça (20/08) e na próxima sexta-feira (23), diversas atividades no Centro de Referência da Assistência Social – Cras Vila do Posto. A programação, que é gratuita, será iniciada em ambos os dias a partir das 8h.

Serão realizadas orientações sobre hábitos saudáveis, roda de conversa e testes rápidos. É importante lembrar que para fazer o teste é necessário que esteja em jejum. “Diante do exponencial número de diabéticos que temos em Buíque, vimos a necessidade de abordar o assunto a fim de mudar esse preocupante cenário”, explica a assistente social do Sesc Ler Buíque, Claudia Hofmann.

Gratuidade – durante o mês de agosto, todas as unidades do Sesc Pernambuco vão oferecer gratuidade na confecção ou atualização do cartão para trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo de comerciários e seus dependentes. Ele garante descontos nas ações de educação, saúde, cultura, recreação, esporte, turismo e assistência social, como hospedagens nos hotéis do Sesc, espetáculos, parque aquático e restaurantes das unidades. O titular pode incluir como dependentes cônjuge ou companheiro de união estável, pessoas sob guarda de menores de 21 anos, estudantes com idade até 24 anos, pai, mãe, madrasta, avó e avô. Para fazer a emissão, é necessário ir ao Ponto de Atendimento. Para outras informações e relação dos documentos necessários:www.sescpe.org.br.

Serviço: Ações de saúde
Dias: 20 e 23 de agosto
Horário: 8h às 11h
Local: Centro de Referência de Assistência Social – CRAS Vila do Posto
Entrada: Gratuita
Informações: (87) 3855-2230