sábado, 24 de outubro de 2020

Aluno da UFPE em Caruaru consegue maior nota do país no Exame Nacional de Desempenho do Estudante

 Graduado em engenharia civil, Kevin Lucena atingiu a nota de 91,6.

Kevin Lucena — Foto: TV Asa Branca/Divulgação



Kevin Lucena, recém-graduado em engenharia civil pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Caruaru, Agreste pernambucano, conseguiu a melhor nota no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade).

O exame avalia o rendimento de quem se formou em cursos de graduação. A nota de Kevin foi a maior do país, sendo 91,6. O jovem já está atuando no mercado trabalho, mesmo com pouco tempo de graduação.

''Nós, aqui em Caruaru, temos um grande potencial, basta ver o exemplo do Kevin, que era aluno egresso nosso e tirou a maior nota em nível nacional em engenharia civil. Isso mostra o potencial que Caruaru e Região têm, e que o Nordeste tem perante o Brasil e o mundo'', destacou o coordenador de graduação do centro acadêmico, Everaldo Fernandes, sobre a nota de Kevin.

O consultor empresarial Eugênio Sales ressaltou a importância da dedicação à graduação no mercado de trabalho. ''Quem estudar mais, ler mais, se preparar mais, vai ter sim um diferencial competitivo, porque a tendência daqui pros próximos anos é que a concorrência fique muito mais forte''.

Cortes nas federais

Segundo a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), o Ministério da Educação (MEC) planeja cortar R$ 994,6 milhões do orçamento de universidades e institutos federais de ensino em 2021.

O valor representa uma redução de 17,5% das despesas "não obrigatórias" (discricionárias). Elas são direcionadas ao pagamento:

  • das contas de água, luz, e telefone;
  • de funcionários e de serviços terceirizados;
  • de obras;
  • e de programas de assistência estudantil.

Já as despesas obrigatórias, que não podem ser cortadas, são para o pagamento de salários e de aposentadorias de professores. Os valores ainda poderão ser alterados até a aprovação do orçamento final do governo, em dezembro, pela Câmara e pelo Senado.

 

Por G1 Caruaru

Miriam Briano faz caminhada na feira ao lado de Armando Monteiro e Daidson

 


Na deste sábado a candidata a Prefeita de Buíque pelo o PSD, recebeu o ex senador Armando Monteiro junto com seu vice Daidson Amorim e os candidatos a vereadores e os apoiadores, logo em seguida foram visitar o pátio da feira livre de Buíque o comércio.

A candidata Briano tem enfrentado os recebido ataques do ex prefeito, mas, mostrou na última carreata que não desistira de sua campanha, e é mais que na hora de seguir sem ser vice e sim candidata.

A candidatura da mesma foi a primeira ser deferida, até a do seu vice saiu depois o deferimento da candidatura, Arquimedes atual prefeito (MDB) já foi deferido, já o ex Prefeito segue indeferido, segundo fontes, o mesmo irá recorrer, a questão é, será que dá tempo? Saberemos segunda-feira (26) de outubro, último dia para tudo.

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

UniFavip divulga pesquisa sobre o valor da cesta básica de setembro com alta, em Caruaru

 Segundo a pesquisa divulgada pelos cursos de Ciências Contáveis e Gestão Financeira do Centro Universitário, valor passou de R$ 351,62 para R$ 353,05 na Capital do Agreste

 


Foi divulgada mais uma pesquisa sobre o valor da cesta básica, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, realizada pelos cursos de Ciências Contábeis e de Gestão Financeira do Centro Universitário UniFavip, coordenada pela professora Eliane Alves. De acordo com os dados levantados, houve um aumento de 0,4% no mês de setembro de 2020. Segundo a pesquisa, no nono mês deste ano, o valor da alimentação básica caruaruense passou de R$ 351,62 para R$ 353,05. 

 

Foi constatado, segundo a professora Eliane Alves, que os maiores vilões para o aumento do valor final da cesta continuam sendo o óleo, com um acréscimo de 36,19%, e o arroz, que ficou 33,93% mais caro. Além desses, outros itens também registram uma alta considerável, como feijão (9,1%) e o leite (5,68%). Em contrapartida, alguns itens registram queda, como o tomate (-16,31%), a banana (-19,38%) e o café (-3,56%).

 

Se compararmos Caruaru à Recife, a alimentação básica da Capital do Agreste continua apresentando um valor inferior, com uma diferença de R$ 111,26. Na capital pernambucana, a cesta básica está custando R$ 464,31.

 

Baseado na metodologia do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), a pesquisa levantou também as horas trabalhadas para a obtenção da cesta básica, além de qual seria o salário mínimo ideal para os caruaruenses diante deste panorama. Uma família de Caruaru deveria, então, receber, um salário mínimo em setembro de 2020, de R$ 2.965,96 para a aquisição dos gêneros alimentícios básicos que garantem a sobrevivência digna de um grupo familiar. Em relação às horas trabalhadas, ao considerarmos que a jornada oficial de trabalho é de 220 horas mensais, segundo o Ministério do Trabalho, o trabalhador de Caruaru em setembro utilizou 37% (81h42min) de todo o seu tempo de ocupação profissional só́ com as despesas de alimentação.

 

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Mês de Outubro é mês de prevenção do câncer de mama

 


O mês de outubro é voltado para atividades de atenção à prevenção do câncer de mama! Ter consciência da importância desse cuidado para descobrir essa doença em sua fase inicial é muito necessário para aumentar as chances de cura. Mulheres acima de 50 anos tem maiores chances de ter câncer de mama, sendo elas nossa prioridade para realização da mamografia, porém se a mulher tem menos de 50 anos e algum fator de risco para este câncer pode sim realizar mamografia, fale com os profissionais do postinho de saúde próximo a sua casa e se informe. Aproveite realize seu exame Papanicolau (de lâmina) e previna-se contra algumas outras doenças. Aproveite os serviços fornecidos pelo município nesse momento de campanha e não esqueça de se cuidar durante todo o ano. O centro de especialidades também é seu ponto de apoio!

Em todas as unidade Básica de Saúde da Família a Secretaria ofertou exames, orientações de prevenção ao câncer, testes rápidos, consultas médicas, os anexos também tiveram atendimento em saúde da mulher, o mês de outubro é justamente para a mulher poder realizar o seu checape de prevenção do câncer de mama e entre outros. Já em novembro o próximo mês será a vez do homem cuidar de sua saúde, então homens fiquem atentos para realizar seus exames de prevenção ao câncer de próstata. Lembre-se que o melhor remédio e a melhor cirurgia é a prevenção contra ao câncer.

 

Mulheres se cuidem! Se toquem! Se previnam! Se amém!

 

#Coordenação saúde da mulher

#Coordenação atenção básica

#Secretaria de saúde


Fotos/E.Ferreira Fotos

Pesquisa Folha/Ipespe no Recife: João Campos 33%; Marília 18%; Mendonça 16%; Patrícia 13%

 


Folha de Pernambuco

A Folha de Pernambuco e o Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) divulgam, nesta quinta-feira (22), a segunda rodada da pesquisa de intenções de voto para a Prefeitura do Recife. No levantamento, João Campos (PSB) assumiu a liderança, com 33%, abrindo uma diferença de 15 pontos percentuais em relação a Marília Arraes (PT), que aparece com 18% na segunda colocação. A petista está tecnicamente empatada com Mendonça Filho (DEM), que registrou 16% e, no limite da margem de erro, também empatada com Delegada Patrícia (Podemos), que tem 13%.

Coronel Feitosa (PSC), Marco Aurélio (PRTB), Charbel (Novo) e Thiago Santos (UP) foram mencionados por 1% dos entrevistados. Os candidatos Carlos Andrade Lima (PSL) e Cláudia Ribeiro (PSTU) têm 0%. Brancos e nulos somam 10%, enquanto os pesquisados que indicaram que não sabem ou ainda que não responderam somam 6%. O candidato Victor Assis foi incluído nesta pergunta, mas não foi citado por nenhum respondente. A margem de erro máximo estimada do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com a utilização de um intervalo de confiança de 95,45%. O estudo foi realizado nos dias 20 e 21 de outubro e consultou 800 pessoas.

Na primeira sondagem, realizada nos dias 22 e 23 de setembro e publicada no dia 25 de setembro, a disputa trazia Marília Arraes com 22% e João Campos com 16%. Mendonça, por sua vez, registrou 13% e a Delegada Patrícia 14%. Entre os demais prefeituráveis, Marco Aurélio foi mencionado por 2%, enquanto Thiago Santos, Coronel Feitosa, Carlos Andrade Lima e Charbel, 1%. Cláudia Ribeiro e Victor Assis apareciam com 0%. Os recifenses que afirmam votar branco, nulo ou não votar, somavam 21%. Já os que não souberam ou não responderam eram 8% no primeiro resultado.

A segunda pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo PE-01392/2020.

Segundo turno

A pesquisa Ipespe/Folha de Pernambuco também perguntou aos entrevistados em quem eles votariam em simulações de segundo turno no município. Em uma disputa entre João e Marília Arraes, o socialista teria 43% e a petista 37%. Os recifenses que indicaram votar branco, nulo ou nem registrar o voto somam 17% e os que não sabem ou não responderam representam 3%.

Já numa simulação entre João Campos e Mendonça Filho, o candidato do PSB seria eleito com 45%. O democrata teria 32%. Votos brancos, nulo ou “nenhum” são 21% e os que não sabe ou não responderam são 2%.

Em outro quadro, entre Marília Arraes e Mendonça Filho, a petista teria 44% contra 39% do democrata. Brancos, nulos ou “nenhum” são 15% e não sabem ou não responderam são 2%.

Em uma simulação entre João Campos e a Delegada Patrícia, ele registraria 45% dos votos contra 40% da postulante. As indicações de votos brancos, nulos ou “nenhum” são 13% e não sabem ou não responderam são 2%.

O panorama de uma decisão entre a Delegada Patrícia e Marília Arraes é o mais acirrado entre os apresentados aos eleitores. A delegada teria 42% e a petista 41%. O quantitativo de votos brancos, nulos ou “nenhum” somam 14% e os que não sabem ou não opinaram totalizam 3%.

Por fim, na hipótese de um embate no campo de centro-direita, a Delegada Patrícia venceria Mendonça Filho com 43%. O democrata teria 32%. Brancos, nulos ou “nenhum”são 22% e não sabem ou não responderam são 3%.

Confira os resultados detalhados da pesquisa na edição desta sexta-feira (23) da Folha de Pernambuco. Você também pode acessar pelo flip através do Portal da Folha de Pernambuco.

CRIMINOSOS ROUBAM CAMINHONETE NA RODOVIA PE 270 EM BUÍQUE/PE



Dois elementos usando uma motocicleta praticaram um assalto na PE 270, no município de Buíque, por volta das 19h de quarta-feira (21)


O motorista informou a polícia que trafegava pela rodovia em velocidade baixa devido aos buracos, quando os assaltantes surgiram na moto e anunciando assalto exigiram a caminhonete modelo Montana na cor vermelha com placa KGQ 8295. Na fuga, eles seguiram com destino a cidade de Arcoverde e desapareceram.


A polícia local foi informada do ocorrido, entretanto os meliantes conseguiram escapar e ainda não foram encontrados.

portalagresteviolento.com.br

Especialistas falam sobre prevenção ao Câncer de Mama e como cuidar da saúde psicológica durante tratamento

Ginecologistas explicam o objetivo da campanha Outubro Rosa e a importância da prevenção, assim como do diagnóstico precoce, e psicóloga aborda como essa área da medicina contribui para o tratamento



O Outubro Rosa, que surgiu em 1990, em Nova York, tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção à doença, bem como levar informações importantes ao maior número de pessoas, o que se torna ainda mais necessário no momento atual, visto que 62% das mulheres esperam o fim da pandemia para voltar à rotina de cuidados com a saúde, segundo pesquisa realizada pelo Ibope. “O câncer não espera! Com cuidado e zelo, é possível ir ao médico, se cuidar e manter os exames em dia. O câncer de mama quando diagnosticado em estágio inicial tem altas taxas de cura”, enfatiza Marina Noronha, Médica Ginecologista e professora do curso de Medicina da Estácio.

 

Já a ginecologista e também professora de medicina da Estácio, Estefanie Bertoldi, reforça que o câncer de mama não é totalmente previsível. A doença resulta de alterações em diversos fatores, muitos dos quais ainda indefinidos. Ao mesmo tempo, são bastante conhecidos fatores de risco, como a exposição a hormônios, o excesso de peso, a ausência de atividade física, a alta ingestão de gorduras e álcool, entre outros. “De modo geral, a prevenção baseia-se no controle dos fatores de risco e no estímulo a fatores protetores, especificamente aqueles que podem ser mudados com a adoção de hábitos saudáveis”, explica a especialista.

 

O exame preventivo é importante para que a mulher possa identificar o câncer antes dos sintomas se manifestarem e é recomendado pelo Ministério da Saúde que a partir dos 50 anos de idade elas realizem uma mamografia a cada dois anos, além do exame clínico realizado por um profissional da saúde.

 

Ambas as ginecologistas, explicam que é preciso observar os sinais que o corpo apresenta. “A mulher deve fazer o autoexame regularmente e verificar se há a presença de nódulos nas mamas, axilas e pescoço, além de alterações na pele das mamas, mamilo e saída de secreções”, elenca Marina. Estefanie detalha ainda alguns dos principais sinais apresentados. “Vermelhidão, inchaços, calor ou dor na pele da mama, mesmo sem a presença de nódulos, espessamento ou retração da pele do mamilo, coceiras frequentes na mama ou no mamilo são algumas das alterações que podem ocorrer, tanto de forma simultânea, quanto de forma isolada. Mas é preciso ressaltar que nem sempre o aparecimento desses sinais indica um câncer de mama. Por isso é imprescindível consultar um médico”, ressalta.

 

Porém, quando o diagnóstico é positivo é importante saber que o suporte familiar e psicológico pode ser fundamental no tratamento, sendo essencial o acompanhamento por uma equipe multidisciplinar. “A perspectiva psicológica contribui para a fluidez no diálogo acerca das questões biopsicossociais envolvendo a prevenção, tratamento e reabilitação, bem como na produção de novos sentidos diante desse corpo e dessa vida. No que se refere à pessoa que é diagnosticada com câncer de mama, precisamos pensá-la de forma complexa e holística, considerando que esse corpo é sua mente e que, portanto, é preciso trabalhar questões individuais e subjetivas, assim como aspectos socioculturais. No senso comum falar sobre câncer ainda é um tabu, sendo um tema carregado de equívocos, estigmas e superstições. Assim, as pessoas por muitas vezes temem até a pronúncia da palavra “câncer”, se utilizando de defesas linguísticas como eufemismos e evocações ao seu divino para fugir da angústia que é se perceber humano e finito”, explica a psicóloga e professora do UniFavip, Deysiane Macedo, que complementa, reforçando a inclusão do tema em outros campos.

 

“Deste modo, no campo subjetivo, os significados de morte e luto devem ser ampliados, compreendendo que toda mudança, escolha e vivência do sujeito desenha um novo traço na composição deste, gerando uma nova pessoa, havendo uma morte da anterior. Para tanto, se faz necessária uma escuta qualificada.

No campo social, é preciso se atentar às múltiplas especificidades e aos papéis sociais que as pessoas desenvolvem, como recortes etários, socioeconômicos, raciais e de gênero, tendo em vista que o câncer de mama não atinge apenas mulheres cis e o discurso do cuidado precisa romper com a exclusão, de forma equânime, considerando que esse corpo é uma vivência relacional e identitária. No trabalho em saúde é necessário desenvolver em equipe práticas de desmistificação do tema, trazendo o sujeito – acompanhado de sua família - para o protagonismo no tratamento, compreendendo a realidade do seu caso com informações e ferramentas que munem seu diagnóstico, tratamento e prognóstico, em uma linguagem acessível e humanizada”, finaliza a psicóloga.

 

Casos especiais

Mulheres que possuem um histórico familiar de câncer, fumantes, obesas, que não se alimentam de forma adequada e que consomem bebida alcoólica de forma abusiva devem dobrar a atenção e os cuidados.

 

Tratamento

O tratamento para o câncer de mama pode variar de acordo com cada paciente, com a fase da doença e também o tipo de tumor. São muitos os tratamentos que podem ser realizados, como cirurgia, radioterapia, quimioterapia, entre outros.

 

Suporte Psicológico

A paciente que passa por um tratamento de câncer precisa de um acolhimento especial da família, desde o momento em que recebe o diagnóstico. Além do suporte familiar, contar com a ajuda de um psicólogo ajuda a lidar com a doença com menos angústia e as chances de depressão diminuem.

EXCLUSIVO: Arquimedes Valença deferido, os 3 candidatos a vice também foram deferidas candidaturas, MPE pediu IMPUGNAÇÃO de Jonas Camelo (indeferido) em Buíque

 



 Em Buíque cidade que fica localizada no Agreste de Pernambuco, vivem com ansiedade a espera de deferimentos de algumas candidaturas, na noite da última quarta-feira (21/10) postamos neste blog que até o exato momento teria sido deferido oficialmente no site do TSE apenas uma candidatura a vice que era o Túlio Monteiro, porém, já tinha documentos que provam a candidatura de vice de Daidson Amorim com Miriam Briano, nesta quinta-feira (22/10) já tem mais deferimentos de candidatos a vice, ou seja, todos os 3 candidatos a vice estão deferidos, o registro do Preito como Arquimedes Valença acabou de sair o deferimento, ou seja, Arquimedes Valença é candidato a Prefeito, a outra candidata a Prefeita foi a primeira ser deferida Miriam Briano, ainda não recebemos na nossa redação a de Jonas Camelos, gostaria que a equipe jurídica se possível nos envie o deferimento de sua candidatura assim que sair o resultado certo, porém, já temos cotas do ministério público que pede o indeferimento do mesmo.

Arquimedes
Arquimedes



No tocante o caso de Jonas Camelos, indeferido, no momento estamos aguardando essa definição da juíza, é o que mostra os documentos abaixo.







quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Miguel promete pavimentar mais 600 ruas em Petrolina

 


Nos primeiros quatro anos de governo, Miguel Coelho deve entregar mais de 900 ruas pavimentadas em Petrolina. O candidato à reeleição pelo MDB assegura que no segundo mandato será possível asfaltar mais 600 vias na área urbana e zona rural do município sertanejo.

O compromisso está no programa de governo de Miguel Coelho. A pavimentação desse pacote de ruas e avenidas faz parte do eixo de propostas para infraestrutura, que traz ainda a duplicação de 15 corredores em diversos bairros de Petrolina.

"Petrolina virou o maior canteiro de obras do Nordeste. Prometemos, em 2016, executar 200 ruas no primeiro mandato e fizemos muito mais. Nos próximos quatro anos, nosso compromisso é pelo menos 600 ruas novas para oferecer melhor qualidade de vida ao povo petrolinense", destaca Miguel Coelho.


Magno Martins

Sertânia ainda não recebeu recursos da Lei Aldir Blanc

 


Músicos de Sertânia, no Moxotó pernambucano, reclamam que ainda não receberam repasses dos recursos destinados pela Lei Aldir Blanc, que prevê apoio emergencial ao setor cultural devido à pandemia. A situação é muito difícil. “Fomos os primeiros a parar e os últimos a voltar. Não estão nos respeitando. Queremos trabalhar”, diz um profissional, em reserva.

O blog procurou a Prefeitura de Sertânia para que se pronunciasse sobre o caso. De acordo com o secretário de Juventude Esporte, Cultura e Turismo da cidade, Tácio Henrique, a administração municipal ainda não recebeu os repasses do Governo Federal. A informação também foi verificada pela reportagem no portal da Secretaria Nacional de Cultura e o município de fato não está na lista dos que obtiveram os recursos.

Ainda de acordo com o secretário, houve o cadastro de 42 pessoas físicas e 13 pessoas jurídicas sertanienses para que sejam contemplados com os recursos da Lei Aldir Blanc. A Prefeitura também enviou uma nota de esclarecimento ao blog:

“A Prefeitura de Sertânia, por meio da Secretaria de Juventude, Esporte, Cultura e Turismo, vem, por meio desta nota, prestar esclarecimentos ao blog de Magno Martins, que recebeu questionamentos de músicos sertanienses sobre a Lei 14.017/2020, conhecida por lei Aldir Blanc.

Diante das indagações, a SEJECT esclarece que:

1º: Tudo o que compete à Prefeitura de Sertânia para que houvesse a liberação dos recursos foi feito. A conta na Plataforma +BRASIL foi criada e já está ativa desde 01/10; o plano de ação foi aprovado desde 18/08 e o termo de adesão assinado. Mas como o próprio blog de Magno Martins pôde verificar no site da Secretaria Nacional de Cultura, os recursos ainda não foram liberados.

2º: Mais uma vez a Prefeitura de Sertânia ressalta que tão logo esse dinheiro seja liberado para o município, ele será entregue a todas as pessoas que se enquadram nas categorias descritas nos incisos II e III da Lei 14.017/2020.

3º: Mesmo sem os recursos liberados, a Prefeitura de Sertânia já iniciou a elaboração de editais, prêmios e chamadas públicas voltadas aos espaços culturais e coletivos, conforme determina os incisos II e III da Lei Aldir Blanc, que é de competência do município.

4º: A SEJECT lembra que o Inciso I da Lei n° 14.017/2020 ficou deliberado para execução do Governo do Estado. Esse inciso diz respeito ao pagamento dos trabalhadores do setor cultural que receberão R$ 600 por mês, em três parcelas. O benefício é limitado a duas pessoas de uma mesma família e, quando se tratar de mulher chefe de família, terá direito a duas cotas, ou seja, R$ 1.200.

5º: A Prefeitura de Sertânia compreende os impactos que a pandemia causou na vida de todas as pessoas ligadas ao setor cultural do município, por isso não mediu esforços para cumprir as exigências determinadas para receber os recursos da Lei Aldir Blanc, mas ressalta, mais uma vez, que essa liberação ainda não aconteceu por parte do Governo Federal”.


Magno Martins

INMET PREVÊ CHUVA EM TODO O PAÍS NOS PRÓXIMOS 15 DIAS

 

De acordo com a previsão do tempo entre os dias 19 e 26 de outubro divulgada pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), na Região Sul a previsão é de maiores acumulados de chuva no centro do estado do Paraná

A semana deverá ter chuvas em praticamente todo o país, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Entre os dias 19 e 26 de outubro, na Região Sul, a previsão é de maiores acumulados de chuva no centro do estado do Paraná, que poderão ficar em torno de 80 mm.

No Sudeste, não estão descartadas tempestades, com ocorrência de chuva forte, granizo e rajadas de vento, mas as chuvas serão mais escassas no norte de Minas Gerais.

No Norte, os acumulados deverão variar entre 10 e 90 mm no Amazonas, sul do Pará e em Rondônia.

Na Região Centro-Oeste, as chuvas terão maior volume no norte do Mato Grosso do Sul, sul de Goiás e leste do estado de Mato Grosso. Segundo o boletim meteorológico semanal nº 41, há possibilidade de ocorrência de chuva forte e rajadas de vento em algumas áreas da região.

No período de 27 de outubro a 4 de novembro de 2020, o tempo chuvoso deve continuar em todo o país, mas em menor volume, na Região Nordeste.

A Região Sul permanecerá com a tendência de chuvas volumosas especialmente no oeste dos estados da região, os acumulados podem chegar aos 100 mm.

A Região Central e a Região Sudeste também deverão ter chuvas intensas, principalmente nos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, onde os acumulados poderão ultrapassar os 120 mm.

Já na região Matopiba (Maranhão; Tocantins; Piauí e Bahia), as chuvas deverão variar entre 20 e 40 mm, com maior probabilidade de ocorrência em Tocantins e no oeste da Bahia.

Em relação às temperaturas, haverá pequenas variações no período de 19 a 25 de outubro.

Fonte: Brasil 61

Candidato a Vice Prefeito Túlio Monteiro é o único vice deferido até agora

 

Como todos já sabem muitas vezes é rápido ou pode demorar um pouco, que assim, a justiça possa analisar direito documentos de quem é deferido ou indeferido para concorrer um cargo político, porém, já saiu no site do TSE que em Buíque um único vice foi deferido até agora é o Túlio Monteiro candidato a vice de Arquimedes Guedes Valença, município que fica no agreste do Estado de Pernambuco.

Os outros dois candidatos a vice das outras duas chapas ainda não foram deferidos, aguardam a definição, ou seja, a chapa que compõe a de Miriam Briano espera ainda ser deferido o Vice Daidson, porém, já tem documento que mostra que foi deferido, pode ser atualizado a qualquer momento o TSE, já a chapa de Jonas ex prefeito espera deferir os dois, tanto candidato a prefeito como a vice.



Candidatos de Arcoverde candidato todos foram deferidos, Pedra, Tupanatinga tem 4 chapas que ainda em julgamento, já Venturosa todos deferidos.

No dia 26 de outubro sairá de certeza quem foi deferido e indeferidos, isso para todos os  candidatos dos partidos.

Só lembrando que o site do TSE pode ser atualizado a qualquer momento.


Veja o site do TSE aqui!

Médico preso por abuso sexual de pacientes em SP é investigado por mais cinco estupros em Pernambuco

José Adagmar Pereira de Moraes tem processos nos dois estados, pelo mesmo tipo de crime. Segundo as denúncias, abusos eram cometidos durante consultas.

 

Médico ginecologista José Adagmar Pereira de Moraes preso em Suzano por suspeita de estupro — Foto: Reprodução/TV Diário

O médico preso por abuso sexual em Suzano, em São Paulo, responde por pelo menos outros cinco estupros, em Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, no Recife, há quatro inquéritos contra José Adagmar Pereira de Moraes, de 41 anos. Esses procedimentos são referentes a cinco mulheres que, em 2018, denunciaram ter sido vítimas do mesmo homem.

O ginecologista e obstetra José Adagmar foi preso no dia 5 de outubro, em Suzano. Denúncias apontam que ele cometia os crimes dentro do consultório.

Na capital pernambucana, ele chegou a atuar no Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Wilma Lessa, no Hospital Agamenon Magalhães (HAM), Zona Norte, onde ocorreram alguns dos abusos.

Segundo a polícia pernambucana, os inquéritos foram remetidos à Justiça em 2018. Na época, os casos estavam com a delegada Ana Elisa Sobreira. Ela atuava como delegada na 1ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, em Santo Amaro, no Centro da cidade.

 

Nos procedimentos citados, o homem foi indiciado por violação sexual mediante fraude. Esse tipo de crime ocorre quando alguém pratica um ato libidinoso com alguém por algum meio que impeça ou dificulte a livre manifestação de vontade da vítima. Nos casos citados, isso ocorria devido à condição de médico do acusado, que utilizava a profissão para cometer os abusos.


Ao G1, o Tribunal de Justiça de Pernambuco afirmou que um dos processos contra José Adagmar Pereira de Moraes tramita na 12ª Vara Criminal da Capital, mas não soube informar o andamento dele nem dos outros que correm no Judiciário.


O tribunal informou, também, que é possível que as outras ações judiciais corram em segredo de justiça, o que impede a divulgação de dados. A reportagem também pediu informações sobre o processo ao Ministério Público de Pernambuco, que não respondeu até a última atualização desta reportagem.


Histórico


De acordo com a Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE), José Adagmar passou em um concurso público para a rede estadual e foi lotado no Hospital Agamenon Magalhães em agosto de 2015, atuando como obstetra na maternidade. Numa seleção interna, ele foi transferido para o Serviço de Apoio à Mulher Vítima de Violência Wilma Lessa, vinculado à unidade, em 2017.


Sem dar qualquer explicação à direção do hospital, o médico, já denunciado pelas cinco mulheres na capital pernambucana, deixou de comparecer ao serviço em janeiro de 2019. Foi instaurado, então, um processo administrativo contra o servidor, por abandono de cargo. Esse processo segue em andamento.


Depois disso, o médico viajou para São Paulo, onde fez um novo cadastro no Conselho Regional de Medicina (CRM), entrou para a lista de conveniados de um plano de saúde, e seguiu atendendo pacientes em Suzano e na capital paulista.


G1 entrou em contato com o Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), para saber se o órgão teve conhecimento dos procedimentos contra o médico, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

 

Por G1 PE

'O homem disparou': como um jingle eleitoral genérico em ritmo de pisadinha se espalha pelo Brasil

 Forró que pode servir para qualquer político virou fenômeno pelo interior do país. Piauiense criou letra e se juntou a paraibano que fez álbum só com modelos de jingles.

Karkará (esquerda) e César Araújo (direita) no clipe de 'O homem disparou', gravado no Piauí — Foto: Divulgação

"No dia da convenção dos partidos era eu falando com alguém no WhatsApp e mais quatro ou cinco chamando ao mesmo tempo". O relato não é de um político, mas de um empresário musical, Patrício da Costa. As chamadas eram de candidatos querendo usar a música "O homem disparou".

Karkará no clipe de 'O homem disparou' — Foto: Divulgação
 

Quem já viu um evento de campanha em 2020, especialmente no interior do país, tem grande chance de ter ouvido "ele é querido, atencioso, trouxe a liberdade paro o nosso povo" e outros versos elogiosos que podem servir para qualquer candidato.

 

"O homem disparou" tem melodia de um músico mineiro, feita para uma banda brasiliense, reciclada por um cantor piauiense e encomendada por um agente cearense. O estouro foi no projeto de um empresário paraibano: criar um álbum só com esses jingles genéricos.

 

O jingle disparou

 

A ideia colou: basta buscar o nome da música no YouTube para ver cenas de carreatas e comícios com a mesma música - só muda o nome e o número do candidato. O ritmo é o da pisadinha, vertente do forró feita só no teclado que embala festas com caixas potentes, os "paredões de som".

 

O jingle genérico que roda o Brasil também tem uma história que cruzou o país. Conheça a jornada de 'O homem disparou' em seis passos:

 

1.  Em 2013, a banda brasiliense Forró Perfeito lançou "Menina pavorô", escrita pelo mineiro João Silveira, que é cantor, compositor e empresário do grupo. Ela tocou muito no Nordeste na época, mas não chegou a ser hit nacional.

2.   

3.  No início de 2020, o empresário cearense Francisco Neto, que mora em São Paulo, foi procurado por um pré-candidato a prefeito no interior do Piauí, em busca de um jingle. Como ainda não era período eleitoral, ele não podia citar o nome do candidato.

4.   

5.  O jingle genérico "O homem disparou" foi composto a pedido de Francisco pelo piauiense César Araújo, com letra nova sobre um político qualquer, usando a melodia de "Menina pavorô".

6.   

7.  A faixa se espalhou pela internet e despertou o interesse do empresário paraibano Patrício da Costa, que mora em Recife e agencia o cantor cearense Karkará, do grupo Vilões do Forró.

8.   

9.  Patrício e Karkará estavam montando um álbum só com esses jingles genéricos, que pudessem ser usados por vários candidatos. Eles chamaram César para participar e cantar sua faixa.

10.              

11.             Regravada por César Araújo, Karkará e os Vilões do Forró, com direito a videoclipe, a faixa estourou de vez, usada até por campanhas que concorrem entre si.

12.              

Coletânea genérica

 

"O povo ficou sete meses parado com a pandemia, sem trabalho. Aí eu pensei: vai ter campanha política, quem sabe a gente consiga vender algo? Vamos arriscar. A gente joga na internet e vê o que dá", conta Patrício.

O álbum tem outras faixas como "Vamos ganhar de novo", "Tô com você de novo", "A vitória chegou" e "O povo quer o novo". "A ideia era fazer músicas que se pareçam com a história de todo candidato", explica Patrício.

 

A prática de divulgar jingles "de demonstração" não é inédita no mercado. Há outras produtoras que fazem estas faixas básicas para os clientes arrematarem com nome e número.

 

A diferença é que Karkará e os Vilões do Forró, já conhecidos no forró cearense, assinaram o projeto como artistas e trataram como um álbum real. E foi com uma prática comum no forró, de identificar um hit em potencial e armar uma parceria, que eles acertaram.

 

Rivais na política, unidos no piseiro

 

"'O homem disparou' virou febre. A gente fez também 'A mulher disparou'. Tem lugar em que os dois partidos querem", conta Patrício. A fala dele é corroborada por relatos nas redes sociais de gente que diz ouvir a música saindo de caixas de som rivais.

 

César Araújo, de 26 anos, descreve a criação: "Fui para um estúdio caseiro de um amigo meu na zona rural de Milton Brandão, humilde igual a mim. Só botei o playback de teclado e fui fazendo parte por parte. Acho que em menos de meia hora já estava pronta", ele conta.

 

Ele teve medo quando a música feita sem pretensão para uma pré-campanha anônima começou a se espalhar. Ele mora em Pedro II, cidade de 38 mil habitantes no norte do Piauí, mas o jingle era para Milton Brandão, município vizinho, ainda menor, de 7 mil habitantes.


"Do nada a música começou a ser compartilhada. Eu não queria ter meu nome ligado a política, mas não teve jeito. Começou a explodir nas cidades vizinhas. Em um mês, me ligaram do Rio Grande do Norte. Aí me dei conta, e veio a avalanche", ele lembra. 


"A música já teve uma versão compartilhada pelo Ney Lima (influencer baiano com mais de 3,6 milhões de seguidores) e pelo Tirulipa", ele conta orgulhoso. Os humoristas postaram um vídeo que usa a música para divulgar uma candidata travesti fictícia. Pisadinha certeira

Essa simplicidade da pisadinha, forró todo feito no teclado, é uma das características que faz o estilo se espalhar pelo Brasil, como o G1 explicou nessa reportagem.

"O homem disparou" segue a fórmula de novos ídolos como os Barões da Pisadinha - que o G1 também explicou aqui no 'Barômetro da pisadinha':

  • o som forte e seco da caixa de bateria;
  • uma frase de teclado marcante logo no início;
  • melodia festiva que combina com as "festas de piseiro" - vide o "pararapapa" no fim da música.

 

O homem liberou


A parceria deu tão certo que Patrício virou sócio de Francisco para empresariar também a carreira de César Araújo, além de Karkará e os Vilões do Forró. Eles criaram uma linha de montagem para autorizar e customizar o jingle.

César ou Karkará regravam só um pedacinho, citando o nome do cliente no refrão ("Fulano disparou") e o número da candidatura.

Com isso, os empresários passam o dia todo negociando e os cantores, gravando os acréscimos. "Karkará chegou a adoecer, de tanto cantar, ficou com dor no peito", conta Patrício.

Francisco diz que eles cobram entre R$ 1 mil e R$ 2 mil para liberar e gravar a faixa customizada, dependendo do tamanho da candidatura.

"Eu trabalho muito com show no interior, e meu interesse é que o prefeito ganhe e contrate meu show. Então, pelo relacionamento, às vezes eu nem cobro pelo uso", conta o empresário.

 

Zona eleitoral


Os empresários sabem que tem candidato que adapta por conta própria, sem pedir autorização, ou usa a versão que não cita nome mesmo. Eles dizem que vão acionar a justiça contra essas pessoas.

Uma contestação judicial, no entanto, pode esbarrar na decisão do STJ que encaixou a versão eleitoral de Tiririca para uma música de Roberto Carlos como "paródia", e abriu um precedente para adaptações não autorizadas, como o G1 contou.

No caso de "O homem disparou", há outra complicação: o próprio jingle genérico já era uma versão feita inicialmente sem autorização, usando a melodia de "Menina pavorô", do Forró Perfeito.

A equipe de César e Karkará correu para resolver isso. Após o sucesso, eles assinaram com João Silveira, compositor, cantor e empresário da banda brasiliense (cujo maior hit, em 2010, foi o forró "Samara"), um acordo para a utilização da obra.

Segundo Patrício, a liberação custou R$ 2,5 mil. João diz que o acordo garante a ele participação como coautor na arrecadação de direitos autorais de "O homem disparou", já cadastrada em serviços de streaming como Spotify e o próprio YouTube.

João diz que nunca quis barrar a versão, e comemora o sucesso que começou com sua melodia e virou jingle festivo "Todo dia eu recebo mais de vinte mensagens falando de lugares em que estão usando a música. De certa forma, estão me divulgando também".

 

A equipe de César e Karkará correu para resolver isso. Após o sucesso, eles assinaram com João Silveira, compositor, cantor e empresário da banda brasiliense (cujo maior hit, em 2010, foi o forró "Samara"), um acordo para a utilização da obra.

Segundo Patrício, a liberação custou R$ 2,5 mil. João diz que o acordo garante a ele participação como coautor na arrecadação de direitos autorais de "O homem disparou", já cadastrada em serviços de streaming como Spotify e o próprio YouTube.

João diz que nunca quis barrar a versão, e comemora o sucesso que começou com sua melodia e virou jingle festivo "Todo dia eu recebo mais de vinte mensagens falando de lugares em que estão usando a música. De certa forma, estão me divulgando também".

 

Por Rodrigo Ortega, G1